Dicas para o primeiro emprego

O promeiro emprego, por ser uma situação nova, deve ser tratada com muito cuidado, pois estamos falando de relações mais complicadas com outras pessoas do que com os seus colegas e amigos de colégio ou faculdade.

Em primeiro lugar, consciencializar-se que a estrutura hierárquica de uma empresa é diferente do tipo de relacionamentos que estabelecemos enquanto estudantes.
Por este motivo, esteja atento e procure conhecer a estrutura hierárquica e a organização da empresa.
A capacidade de comunicação é cada vez mais importante. Portando, ouça e faça-se ouvir.
Arrume uma boa agenda, e saiba como usá-la da melhor maneira possível, e ao seu favor. Com ela, será possível gerir o seu tempo de trabalho.

Se tiver boas relações de trabalho melhor para si, relacionar-se no emprego não é algo que se escolha, além disso deve criar um clima de simpatia e levar os outros a confiarem em si e no seu trabalho.
Na maioria dos primeiros empregos, senão em todos, terá de executar as tarefas que os outros não querem e que são sempre as mais aborrecidas, de qualquer forma, esta situação não se mantém durante muito tempo. Use essa situação a seu favor, e aprenda mais sobre o funcionamento da empresa e das rotinas gerais.
Uma boa apresentação é fundamental, portanto lembre-se que deve respeitar o tipo de imagem pelo qual a empresa optou (formal ou social), mas acima de tudo tenha o bom senso de não se vestir de uma forma com a qual não se sinta bem.
Se tiver alguma dúvida, exponha-as aos recursos humanos, eles fazem de intermediário entre si e a empresa. Se por qualquer motivo não as quiser colocar, seja observador! É uma ótima forma de aprender e de nos apercebermos de coisas que achávamos difíceis e que afinal são simples.
Conheça o seu superior. Se criar com ele uma empatia e procurar saber através dele quais as maiores dificuldades da equipa, vai ser muito mais fácil para si superá-las. E já agora tente inteirar-se das expectativas que o seu chefe tem em relação a si, assim será mais fácil não o desiludir. Mas tome cuidado para não exagerar na dose, misturando o lado pessoal com o profissional. A aproximação é muito boa, mas existem limites a serem respeitados.
Se sentir que entrou num emprego em que estava à espera de lebre e lhe saiu gato porque foi enganado com promessas de regalias que não vai receber, tem uma decisão a tomar: ficar ou não?

Em primeiro lugar, esteja atento ao que não é claro para si, então não hesite em rescindir o contrato. Se isso já não for possível, esforce-se para encontrar outra colocação dentro da empresa. Converse com o seu superior e exponha a situação.
Mostre que sabe ser original e criativo, e que tem um estilo próprio. Além disso não caia no erro de criticar os outros.
Lembre-se que este é o seu primeiro emprego e que lá está há pouco tempo. Portanto, não entre em conflito com os seus colegas, e mantenha-se afastado de conflitos entre os seus colegas. No entanto, esteja atento ao desenrolar dos problemas, afinal, quem sabe se não é você quem vai um dia mais tarde tentar solucionar ou mesmo pôr termo àquela situação.